Assistente social é ameaçada por conta de Bolsa Família suspenso em Rio Bom

Uma assistente social de Rio Bom, responsável pelas atualizações de cadastro do Bolsa Família no município, foi ameaçada na tarde da última sexta-feira (19).

Ela acionou a Polícia Militar por volta de 15h na Rua Airton Senna da Silva, e contou que foi ameaçada através do aplicativo WhatsApp por um homem que teve o Bolsa Família cortado.

O detalhe, segundo a vítima, é que o autor das ameaças mora em outra cidade, não em Rio Bom. Ou seja, ela não é responsável por atualizar o cadastro dele.

A vítima forneceu o número do autor aos policiais, e o caso segue agora para investigação pela Polícia Civil.

Não é permitida a reprodução deste conteúdo.