PRF intercepta paraguaio com pedras escondidas no sapato em Cascavel

Na noite desta segunda-feira (29), agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizaram uma apreensão surpreendente, interceptando um cidadão paraguaio que transportava clandestinamente 31 pedras preciosas em um compartimento oculto no interior de seu sapato. A ação ocorreu na cidade de Cascavel e revelou uma tentativa de contrabando de minérios originários do solo paraguaio.

De acordo com informações fornecidas pelo detido, os minerais tinham como destino o estado da Bahia. No entanto, a ação ilegal foi identificada pela PRF, que conduziu a ocorrência para a Polícia Federal de Cascavel.

O estrangeiro detido, além de ser flagrado com as pedras preciosas, também estava com um mandado de prisão aberto em seu país de origem, o Paraguai, pelo crime de importunação sexual. A situação configura um caso delicado, envolvendo tanto crimes relacionados ao contrabando quanto à conduta inadequada do indivíduo.

A Polícia Federal de Cascavel irá conduzir a investigação, e uma perícia será realizada para determinar o real valor das pedras apreendidas. O detido teve sua imigração recusada e será obrigado a retornar ao Paraguai.

Não é permitida a reprodução deste conteúdo.