Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

O que sopro no coração? O que causa e como é feito o diagnóstico?

Sopro no coração é um problema que costuma preocupar muito as pessoas, umas das razões para isso é porque ele pode ser frequentemente identificado já em crianças. A outra razão é que ele pode indicar problemas no funcionamento do coração, principalmente relacionado às válvulas cardíacas.
 
O sopro no coração é simplesmente o som do fluxo sanguíneo passando pelo coração de forma mais acelerada, pode ser identificado em consultas médicas quando o médico ausculta o coração e ouve além do som normal das batidas, escuta também um som mais prolongado. Pode acontecer tanto quanto o coração contrai, quanto no momento em que o coração relaxa.

Sopro em crianças
Nas crianças que até uma certa idade podem ter o coração batendo naturalmente acelerado que os adultos e que tem um tórax menor, é frequente ouvirmos o fluxo sanguíneo passando pela saída do coração normal, chamado de som inocente, que tende a desaparecer ao longo do tempo conforme a criança vai crescendo.

Em casos mais raros, o pode acontecer por causa de um problema na abertura ou no fechamento de alguma válvula do coração ou então por causa de defeitos na formação do coração. Essas malformações podem deixar o sangue não oxigenado, que passa normalmente pelo lado direito do coração se misturar com o sangue que já foi oxigenado nos pulmões e que normalmente passa pelo lado esquerdo do coração, podendo gerar dificuldades na oxigenação dos órgãos, acúmulo de líquido nos pulmões e inchaço no corpo.

Ao examinar a criança, o pediatra pode identificar o sopro e encaminhar o paciente para o cardiologista pediatra para que seja feita a investigação e determinar se é ou não o sopro inocente.

Sopro em adultos
Já em adultos, o sopro também pode ser um sopro inocente, entretanto, é mais frequente a ocorrência de alterações nas válvulas cardíacas, muitas vezes decorrentes de febre reumática, prolapso da válvula mitral, anomalias congênitas ou mesmo do processo de envelhecimento. Na maioria dos casos, o paciente não apresenta sintomas e o sopro é identificado durante o exame médico de rotina.

Diagnóstico
O diagnóstico geralmente é realizado através da história clínica e do exame físico detalhado e dos exames cardiológicos complementares, o principal deles é o ecocardiograma, sendo que tanto o eletrocardiograma quanto a radiografia de tórax também são muito importantes.

Tratamento
O tratamento dos problemas das válvulas do coração é feito com intervenções invasivas, sendo a mais comum a necessidade de cirurgia do coração para que a válvula que apresenta o problema seja corrigida ou então substituída por uma prótese. Para casos específicos, existem outras formas de tratamento menos invasivas, sendo importante destacar que será determinado de acordo com a causa do sopro, sendo fundamental um diagnóstico precoce para uma melhor abordagem terapêutica.

Para mais informações, assista ao vídeo no canal Doutor Ajuda no youtube.

Fonte: Brasil 61

PLANTÃO DE INFORMAÇÕES

Aconteceu algo e quer compartilhar? Envie para nós!

Estamos nas redes sociais
Coloque o seu melhor e-mail e receba nossas atualizações

Ao repostar nosso conteúdo, dê os devidos créditos.