Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

IVAIPORÃ: Prefeitura amplia Programa de Formação Super Agente de Combate à Dengue nas escolas municipais

Cumprindo o 2º Programa de Formação Super Agente de Combate à Dengue, por intermédio das Secretarias Municipais de Saúde, Assistência Social e Educação, e apoio da vereadora Gertrudes Bernardy, que apresentou o Programa de Formação Super Agente de Combate à Dengue ao Legislativo – tornando Lei 3.689 de 16 de maio de 2022, a secretária municipal de Saúde, Cristiane Pantaleão, marcou presença na Escola Municipal Carlos Lacerda. O motivo: a entrega do kit aos alunos do 4º e 5º ano, uma ação que visa fortalecer o combate à dengue entre os jovens.

O kit do Programa de Formação Super Agente de Combate à Dengue é uma ferramenta valiosa, composta por coletes, cartões de identificação, canetas e adesivos, os quais são utilizados para registrar os resultados das vistorias e informar sobre as medidas preventivas nas residências. A entrega dos kits foi marcada pela participação da vereadora Gertrudes Bernardy, coautora do programa.

Inicialmente, o programa estava direcionado exclusivamente aos projetos sociais Renascer, Casa de Vivência e Centro da Juventude. No entanto, esta etapa estende o alcance aos alunos do 4º e 5º ano da rede municipal de ensino. O objetivo é claro: educar os jovens sobre os perigos da dengue e como prevenir a propagação, tornando-os agentes ativos no combate à doença.

Formação

“A inclusão dos alunos do 4º e 5º ano representa uma ampliação significativa do Programa de Formação Super Agente de Combate à Dengue. Iniciamos com um processo de formação para que compreendam o que é a dengue e como se comporta o mosquito transmissor”, explicou Cristiane Pantaleão, destacando a importância da educação como ferramenta fundamental na luta contra a doença.

Com esta iniciativa, as escolas municipais se tornam um importante ponto de disseminação de conhecimento e conscientização sobre a dengue, reforçando a importância da prevenção e do engajamento das crianças na proteção da saúde pública.

Ao repostar nosso conteúdo, dê os devidos créditos.