Ivaiporã: ameaça, danos e abordagem de suspeitos

Na quarta-feira, 07 de fevereiro de 2024, a Polícia Militar de Ivaiporã foi chamada para intervir em diferentes ocorrências na cidade.

A primeira delas envolveu uma briga familiar na rua Pará. De acordo com o relato da noticiante, seu tio, visivelmente embriagado, estava discutindo com os avós e ameaçou agredi-la quando ela tentou intervir em defesa dos avós. A situação foi controlada pelos familiares, e o tio acabou se trancando em seu quarto e adormecendo. A equipe policial presente prestou assistência às partes envolvidas e as orientou sobre os procedimentos legais, resultando apenas no registro do ocorrido.

Posteriormente, por volta das 11h10, a polícia foi acionada para atender a um caso de dano à propriedade no Jardim Ouro Preto. A solicitante informou que seu filho, sob efeito de álcool, havia danificado a porta da sala da residência ao chutá-la. Apesar do incidente, a solicitante decidiu não tomar medidas legais contra o filho, e ambas as partes foram orientadas pela equipe policial. Um boletim de ocorrência foi registrado para documentar o incidente.

Já durante a noite, por volta das 23h45, a polícia recebeu um alerta através de um aplicativo sobre indivíduos causando tumulto próximo à réplica da Torre Eiffel, localizada na Avenida Souza Naves, no centro da cidade. Ao chegar ao local, os suspeitos foram abordados, porém não estavam portando documentos de identificação. As autoridades tomaram as medidas necessárias diante da situação, encerrando mais um episódio de perturbação pública na cidade.

Não é permitida a reprodução deste conteúdo.