Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Cármen Lúcia é eleita presidente do TSE

A ministra Cármen Lúcia foi eleita, nessa terça-feira (7), presidente do Tribunal Superior Eleitoral no biênio 2024-2026. O ministro Nunes Marques vai assumir a vice-presidência.

Cármen Lúcia substitui o ministro Alexandre de Moraes, a partir de junho, quando ele completa dois anos no cargo. A posse vai acontecer no início do mês de junho.

Essa é a segunda vez que a ministra estará à frente do Tribunal Superior Eleitoral. Ela foi a primeira mulher a presidir a corte eleitoral, em 2012, durante a primeira passagem pelo tribunal.

A eleição é uma formalidade, já que o cargo de presidente é ocupado de forma rotativa entre os ministros do Supremo Tribunal Federal que atuam no TSE. Cármen Lúcia já ocupava a vice-presidência.

A ministra disse que vai trabalhar para que a Justiça Eleitoral continue a atuar em benefício da democracia brasileira.

O TSE é composto por sete ministros, sendo três do STF, dois do Superior Tribunal de Justiça, e dois advogados com notório saber jurídico indicados pelo presidente da República.

Agência Brasil

PLANTÃO DE INFORMAÇÕES

Aconteceu algo e quer compartilhar? Envie para nós!

Estamos nas redes sociais
Coloque o seu melhor e-mail e receba nossas atualizações

Ao repostar nosso conteúdo, dê os devidos créditos.