Alep prorroga prazo para inscrição em concurso público

Créditos: Valdir Amaral/Alep

A Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) prorrogou para o dia 15 de fevereiro a data de encerramento para inscrição ao concurso público promovido pelo Poder Legislativo. As inscrições poderão ser realizadas até às 16 horas da quinta-feira (15). De acordo com a Mesa Diretora, a decisão de estender o prazo se deve ao fato de que o período de inscrição tenha ocorrido durante as férias e recesso de final de ano. Dessa forma, os candidatos ganham um tempo a mais para registro no certame. As provas serão realizadas no dia 7 de abril. Serão preenchidas 85 vagas com exigência de formação para nível médio e superior.

Os candidatos poderão conferir o edital e realizar inscrições por meio do site da Fundação Getúlio Vargas (https://conhecimento.fgv.br/concursos/alep24), responsável pela organização da prova. Os valores das taxas de inscrição são R$ 220, R$ 150 e R$ 110, dependendo do cargo a que o candidato irá concorrer. Os salários que variam entre R$ 4,9 mil e R$ 33 mil. Das 85 vagas, uma será destinada para o cargo de Procurador – Classe 3. Para o cargo, o salário é de R$ 33.924,93. Já 68 vagas serão destinadas para a carreira de Analista Legislativo, que abrange as funções de desenvolvedor de sistemas, biblioteconomista, administrador, economista, advogado, contador, jornalista, analista de rede, revisor legislativo e engenheiro.

Para todas as áreas, o salário é de R$ 6.867,20. Estão disponíveis ainda 16 vagas para a carreira de Técnico Legislativo, nos cargos de Técnico Legislativo-Legislativo, Técnico Legislativo-Administrativo, Técnico Legislativo-Suporte e Manutenção, Técnico Legislativo-Técnico em Contabilidade, com salários de R$ 4.995,21. Para todos os postos, a carga horária é de 8 horas diárias. Além dos valores salariais, os aprovados poderão receber a chamada Verba de Representação. Conforme disposição legal, a verba poderá ser concedida ao servidor independentemente da aquisição de estabilidade. A concessão, no entanto, não é de caráter automático. Para a carreira de Técnico Legislativo, o valor da verba é de 20% do salário. Já para os cargos de Analista Legislativo é de 40% – exceto para a carreira de advogado, quando o valor pode chegar a 80%.

Não é permitida a reprodução deste conteúdo.