Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Adubação nitrogenada pode aumentar em até 30% a produtividade do milho, diz consultor do Centro Tecnológico da Cocari

Conhecer a exigência nutricional das culturas ajuda o agricultor nas tomadas de decisões. Essa exigência é determinada pela quantidade de cada nutriente extraído do solo pela planta.

O produtor precisa ter em mente que tanto os macro como micronutrientes fazem diferença na produtividade. Entre os macronutrientes, mais absorvidos pelo milho e de grande impacto na lavoura está o Nitrogênio, e que a quantidade contida no solo pode não ser suficiente para o bom desenvolvimento da lavoura.

O engenheiro agrônomo e consultor técnico do Centro Tecnológico da Cocari (CTC), João Gabriel Battalini, falou sobre o assunto no quadro “Dicas do Especialista”, no canal da Cocari no YouTube.

Battalini destacou que o Nitrogênio é um componente essencial para a formação de aminoácidos, proteínas, clorofila, entre outros importantes para a fisiologia do milho. “O Nitrogênio desempenha um papel importante no desenvolvimento da área foliar e na produção de matéria seca, influenciando na produtividade da lavoura”, aponta

O especialista explica que, de forma geral, o nível de Nitrogênio disponível no solo não atende às demandas da cultura do milho em todas as suas fases de desenvolvimento. “Além da quantidade insuficiente, o problema é agravado pelo fato de o Nitrogênio ser um elemento que pode ser facilmente perdido por lixiviação e absorção por outras plantas. Por isso, apesar de ser um macronutriente essencial para o desenvolvimento do milho, a planta não consegue suprir somente a partir do solo”, analisa.

Ele esclarece que o nível de Nitrogênio disponível no solo até pode ser suficiente para a planta crescer, mas não será o bastante para ajudá-la a alcançar sua máxima produtividade, o que pode prejudicar os cooperados na condução de suas lavouras. “Portanto, o ideal é que o produtor invista na adubação nitrogenada na sua lavoura, estratégia muito eficaz para aumentar a produtividade do milharal”, indica.

Com o uso da adubação nitrogenada o cooperado pode alcançar aumento de até 30% na sua produtividade. E ainda passar mais rápido pela fase crítica das pragas como a cigarrinha do milho e percevejo barriga-verde, deixando a cultura do milho mais lucrativa.

“Cooperado, busque o Detec da sua unidade, que os profissionais vão indicar as soluções para maior lucratividade no seu milharal”, aconselha o consultor.

Redação Cocari

PLANTÃO DE INFORMAÇÕES

Aconteceu algo e quer compartilhar? Envie para nós!

Estamos nas redes sociais
Coloque o seu melhor e-mail e receba nossas atualizações

Ao repostar nosso conteúdo, dê os devidos créditos.