Sanepar perfura novo poço em Apucarana

Apesar das chuvas dos últimos dias, a expectativa é de estiagem até setembro, com baixo índice pluviométrico na região Norte do Paraná. Neste contexto, a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) comemora a vazão de 200 metros cúbicos por hora (m3/h) nas primeiras 24 horas de testes de um novo poço perfurado em Apucarana. Ainda que a vazão ao final dos testes diminua, o abastecimento estaria garantido. Há ainda a previsão de outros dois poços entrarem em operação em julho, garantindo maior capacidade de produção no sistema.

De acordo com a diretora de Investimentos da Sanepar, Leura Conte de Oliveira, os testes do novo poço, o P33, perfurado próximo ao Lago Jaboti, devem durar até 15 dias. Após este período será conhecido o ganho efetivo de produção. “Teremos, então, a vazão firme desse poço, a garantia de quanto ele vai poder produzir, quantas horas por dia nós vamos poder trabalhar e aí sim fazer imediatamente a interligação no sistema”, explica.

“Já temos todos os elementos técnicos e os equipamentos necessários para que a gente faça a operacionalização desse poço”, comemora a diretora.

Leura reafirma que a estiagem é um grande desafio para o abastecimento público e que muitos sistemas já sentem os efeitos da falta de chuva, com perdas nos níveis dos mananciais e na produção dos poços. “No caso de Apucarana, a Sanepar buscou os esforços de perfurar mais um poço pra garantir o abastecimento para toda a população”, ressalta.

INVESTIMENTOS – Os recursos aplicados pela Sanepar em Apucarana ultrapassam R$ 115 milhões em obras de ampliação dos sistemas de abastecimento de água e coleta e tratamento de esgoto. Mais de R$ 60 milhões foram direcionados para dobrar a capacidade de reservação de água na cidade e incrementar a produção. A obra de operacionalização dos poços 19 e 27 deve ser concluída ainda neste mês.

Em 2023, foram instalados quatro reservatórios, duas novas estações elevatórias, 10 km de adutoras e executadas melhorias elétricas na estação de tratamento de água. Houve um salto de 8 milhões de litros para 18 milhões de litros na capacidade de preservação do sistema.

DISTRITO – Foi iniciada recentemente a obra de operacionalização de um novo poço produtor de água no distrito Pirapó. A obra deve ser concluída no segundo semestre e representa a total independência da localidade em relação ao sistema da sede. “Vai sobrar água para o distrito continuar crescendo e também para a cidade. Além de redirecionar a água que hoje tem ido atender a demanda do Pirapó, o poço lá vai incrementar o abastecimento das regiões leste e central de Apucarana”, explica a diretora.

PLANTÃO DE INFORMAÇÕES

Aconteceu algo e quer compartilhar? Envie para nós!

Estamos nas redes sociais
Coloque o seu melhor e-mail e receba nossas atualizações

Ao repostar nosso conteúdo, dê os devidos créditos.