MARUMBI: Mulher pede para marido cuidar da filha e é agredida

Um marco na proteção às mulheres que definiu cinco formas de violência: física, sexual, moral, psicológica e patrimonial. Antes da lei, o crime de violência contra a mulher era considerado de menor potencial ofensivo. Créditos: FreePik

Na noite de quinta-feira (8), por volta das 22h30, a Polícia Militar foi chamada para investigar uma ocorrência de violência doméstica na rua Quintilho Pini, no centro de Marumbi. Ao chegar ao local, os policiais encontraram a solicitante segurando um bebê de seis meses. Ela relatou que seu companheiro, com quem convive há dois anos, iniciou uma discussão após passar o dia bebendo com um amigo. O motivo da briga foi o pedido dela para que ele ficasse em casa para cuidar da filha deles.

A discussão rapidamente se transformou em agressão física, com o homem empurrando a mulher. Ele também a ameaçou com uma faca, danificando móveis e o celular da vítima para impedir que ela chamasse a polícia. A mulher conseguiu se trancar no quarto e pedir ajuda. O agressor foi preso e levado à Delegacia de Polícia Civil de Jandaia do Sul, onde ficou à disposição da justiça. A faca usada na ameaça e o celular danificado foram apreendidos como evidências do crime.

Não é permitida a reprodução deste conteúdo.