Feminicídio: cabeleireira é assassinada pelo namorado em Londrina

Um terrível caso de feminicídio chocou a cidade de Londrina, na zona leste, onde a empresária e cabeleireira Claudia Ferraz Maceo, de 45 anos, foi brutalmente assassinada em sua própria residência no jardim Roveri. A Polícia Militar foi acionada após uma denúncia e encontrou a vítima sem vida na cama, com um profundo ferimento no pescoço.

O namorado da vítima, identificado como Arthur Henrique Rockenbach, de 30 anos, foi detido no local e confessou o crime à polícia. Segundo relatos das autoridades, o motivo do crime seria ciúmes. Rockenbach permaneceu ao lado do corpo durante toda a noite, sem demonstrar qualquer sinal de arrependimento.

Além do homicídio, o agressor também tinha a intenção de incendiar a residência para tentar ocultar o crime, como indicado pela presença de gasolina no local. Felizmente, uma denúncia prévia impediu que esse plano fosse executado.

O caso está sendo investigado pelas autoridades locais, enquanto a comunidade lamenta mais uma tragédia decorrente da violência contra a mulher.

Não é permitida a reprodução deste conteúdo.