Apucarana: Investigado por importunação sexual, homem foi detido após disparos de arma de fogo

Ilustrativa

Na noite de domingo (23), às 23h38, a Polícia Militar atendeu a uma ocorrência de disparo de arma de fogo na Avenida Mato Grosso, Jardim Ponta Grossa, em Apucarana. Uma denúncia anônima relatou que um homem estava brigando com sua esposa, saiu da residência com uma arma de fogo e efetuou um disparo para o alto antes de retornar para dentro.

Ao chegar ao local, a equipe policial encontrou uma equipe da P2, Serviço de Inteligência da PM, que estava de campana, pois o suspeito havia se envolvido anteriormente em um caso de importunação sexual contra uma menina de 9 anos. A P2 relatou ter ouvido dois disparos de arma de fogo. As equipes policiais foram para frente da residência e perceberam movimentação dentro da casa e no quintal. Após verificar que os portões estavam trancados, a polícia, preocupada com a integridade física da possível vítima, arrombou o portão da garagem e entrou na casa.

Dentro da residência, um homem de 37 anos, conhecido da polícia, foi encontrado drogado, sem camisa, de bermuda jeans e tênis. Após a abordagem e busca pessoal, nada ilícito foi encontrado com ele. O suspeito negou os acontecimentos. Durante uma busca minuciosa na casa e no quintal, a polícia encontrou munições de revólver calibre 38, pinos vazios com resquícios de substâncias análogas à cocaína, um coldre velado e um revólver calibre 38, marca Rossi, desmuniciado.

Além disso, foi encontrada uma motocicleta JTA/Suzuki Bandit 650S vermelha, que o suspeito havia usado no dia da importunação sexual. O homem recebeu voz de prisão pelos disparos e posse de arma de fogo de uso permitido, sendo encaminhado à delegacia para as providências cabíveis.

PLANTÃO DE INFORMAÇÕES

Aconteceu algo e quer compartilhar? Envie para nós!

Estamos nas redes sociais
Coloque o seu melhor e-mail e receba nossas atualizações

Ao repostar nosso conteúdo, dê os devidos créditos.